Clarity, o Honda com pilha a combustível para ser vendido

Honda CLARITY 05

 

Clarity Fuel Cell é o nome definitivo do primeiro automóvel com pilha a combustível que a Honda venderá a público, lançado no 44º. Salão de Tóquio (já houve o FCX Clarity na década passada, mas era um programa de arrendamento sem opção de compra ao término do prazo, pois o custo da tecnologia ainda era altíssimo). Como o antecessor, o novo carro produz energia elétrica para o motor a partir do hidrogênio, armazenado em tanque de alta pressão (70 Mpa). A Honda anuncia que a nova pilha é 33% menor e tem desempenho 60% superior ao da usada até então.

 

 

Com potência de 130 kW (177 cv), o motor elétrico faz esperar bom desempenho do grande sedã (4,90 m de comprimento, 1,88 m de largura), que comporta cinco pessoas. O conjunto de propulsão é tão compacto quanto um motor V6, sendo possível acomodá-lo sob o capô, algo inédito em um sedã com essa tecnologia. A fábrica informa autonomia de mais de 700 km e que o tanque pode ser recarregado em cerca de três minutos. Um dispositivo de alimentação de energia externa permite produzir e fornecer energia elétrica para outros fins, como em caso de desastres naturais. As vendas começam em março no Japão, para órgãos governamentais e clientes empresariais; pessoas físicas terão acesso ao Clarity mais adiante. O preço previsto é de 7,7 milhões de ienes, cerca de US$ 63 mil. Estados Unidos e Europa o recebem depois.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação