Chevrolet Tracker vem todo preto em edição Midnight

 

O Tracker é o segundo Chevrolet no mercado brasileiro, depois da S10, a receber a série especial Midnight. Como na picape, o tema do utilitário esporte compacto é a cor preta, aplicada tanto à carroceria quanto a itens como rodas (de 18 pol), molduras e faróis, assim como ao revestimento dos bancos (sintético), painel e portas. Até a gravata Chevrolet tem fundo preto em vez do tradicional dourado.

 

 

O Tracker Midnight tem como base os equipamentos da versão Premier, como controle eletrônico de estabilidade e de tração, assistente de partida em rampa, sensor de veículo em ponto cego, câmera de ré com alerta de movimentação traseira, chave presencial para acesso e partida, fixação Isofix para cadeira infantil, regulagem de altura dos faróis, sensor de estacionamento traseiro, banco do motorista com regulagem elétrica lombar e teto solar elétrico.

O motor turbo flexível de 1,4 litro, o mesmo do Cruze, produz 153 cv e torque de 24,5 m.kgf com álcool. Conta com transmissão automática de seis marchas e parada/partida automática; a tração é dianteira. O carro vem ainda com telemática de assistência On Star e central de áudio My Link com Android Auto e Apple Car Play. O Midnight ficará posicionado entre as configurações da versão Premier, pois não oferece os itens da opção superior (bolsas infláveis laterais e de cortina, alerta de colisão frontal e aviso em caso de saída de faixa). O preço, a ser anunciado em outubro, deve ficar pouco acima de R$ 100 mil.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação