Chevrolet Onix Plus 2020: versões, conteúdo e preços

 

A General Motors apresenta o novo Onix e o sedã Onix Plus (sucessor do Prisma) e revela os preços de cada versão. Ambos estreiam com nova plataforma, alta dotação de segurança e opção de motor turbo de 1,0 litro, que é padrão no caso do sedã. Bolsas infláveis laterais e de cortina e controle eletrônico de estabilidade são de série em toda a linha. Os modelos são fabricados em Gravataí, RS. O sedã começa a ser vendido ainda este mês, e o hatch, só em novembro.

Confira os preços e equipamentos de série de cada versão do sedã:

 

 

Onix Plus 1,0 Turbo (caixa automática, R$ 58.790) – Ajuste de altura do facho dos faróis, alarme, ar-condicionado, banco traseiro bipartido, bolsas infláveis laterais dianteiras e de cortina, cintos de três pontos e encostos de cabeça para cinco ocupantes, computador de bordo, controle elétrico de vidros (quatro), travas e retrovisores, controle eletrônico de estabilidade e tração, direção com assistência elétrica, fixação Isofix para cadeira infantil, lanterna traseira de neblina, monitor de pressão dos pneus, rádio com USB e Bluetooth, rodas de 15 pol com calotas, volante com comandos de áudio.

 

 

Onix Plus LT 1,0 Turbo (manual, R$ 61.190) – Como o básico, mais banco do motorista com regulagem de altura, central de áudio My Link 3 com tela de 7 pol e integração a celular por Android Auto e Apple Car Play, detalhes externos cromados, faróis de neblina, retrovisores elétricos, rodas de alumínio de 15 pol, volante ajustável em altura e distância.

Onix Plus LTZ 1,0 Turbo (manual, R$ 65.790; automático, R$ 71 mil) – Como o LT, mais câmera traseira de manobras, carregador de celular por indução, chave presencial com botão de partida, sensores de estacionamento traseiros.

• Onix Plus Premier 1,0 Turbo (automático, R$ 73.190) – Como o LTZ, mais controlador e limitador de velocidade, faróis automáticos com refletor elipsoidal, lanternas com leds, luzes de condução diurnas em leds, rodas de alumínio de 16 pol.

 

 

Para o hatch, por enquanto, há apenas os preços de duas versões:

• Onix LT 1,0 (manual, R$ 51.590)

• Onix LTZ 1,0 Turbo (automático, R$ 66.290)

O novo Onix está maior, com entre-eixos de 2,60 metros (mais 8 cm que antes) no sedã, cujo porta-malas leva 469 litros. A central de áudio My Link passa a oferecer roteamento de internet 4G sem uso do celular por assinatura de serviço, como no Cruze 2020.

O motor é de nova geração, de três cilindros e similar ao do Onix sedã chinês, mas feito em Joinville, SC, e apto a usar álcool. Com turbo (não usa injeção direta), produz 116 cv e torque de 16,8 m.kgf e pode ser associado à caixa automática de seis marchas, enquanto o motor aspirado de 82 cv vem apenas com caixa manual. O consumo do Onix Plus automático pelos padrões do Inmetro é de 10,9 km/l com gasolina e 8,6 km/l com álcool, em cidade, e de 15,7 e 12 km/l (na ordem) em rodovia.

 

 

A GM continua a não nos convidar para seus lançamentos, pelo que será preciso aguardar a cessão posterior dos carros para que possamos dirigi-los. Por enquanto, leia mais informações, confira a ficha técnica e veja como ficou a versão Premier.

Correções: o motor turbo não tem injeção direta e a versão básica vem com caixa automática, de forma diferente do informado antes.

Texto da equipe – Fotos: divulgação