Canoo propõe minivan elétrica com uso por assinatura

 

A Canoo, uma nova empresa emergente de Los Angeles, Califórnia, propõe um carro elétrico usado mediante assinatura. O modelo inicial, uma minivan de sete lugares toda envidraçada e com interior que sugere uma sala de estar, deve entrar em serviço em 2021. Ainda não há detalhes sobre o sistema de assinatura, mas alguns sobre o carro: a Canoo pretende ser “o primeiro veículo de direção por fios do mercado”, ou seja, sem conexão mecânica entre o volante e as rodas.

 

 

 

Assistências ao motorista usam sete câmeras, cinco radares e 12 sensores ultrassônicos, mas o nível 2 de condução autônoma ainda requer manter as mãos no volante. Sistemas de navegação, áudio, aquecimento e refrigeração são comandados pelo celular dos usuários. A Canoo usa uma plataforma básica que pode ser aplicada a outros modelos de carroceria (veja foto), com as baterias em um retângulo plano e motor elétrico de 300 cv. A empresa estima autonomia média de 400 km com a bateria de 80 kWh, pelo padrão norte-americano da EPA (consumo de 5 km/kWh), e anuncia que 80% da carga podem ser obtidos em 30 minutos.

Texto da equipe – Fotos: divulgação