Bugatti Chiron Sport, mais rápido, mantém 1.500 cv

 

A Bugatti frustrou as expectativas de quem esperava um salto de potência para o Chiron, como o de 199 cv ocorrido no Veyron quando apareceu a versão Super Sport, em 2010. O Chiron Sport surge em Genebra com alterações sobre o supercarro conhecido em nome da esportividade, mas nenhum cv a mais que os 1.500 habituais. Fibra de carbono foi aplicada em percentual ainda maior, chegando até o limpador de para-brisa; as rodas são mais leves, a suspensão mais firme, e há um novo sistema de vetorização de torque.

 

 

Com melhor comportamento dinâmico e menos 18 kg que o Chiron comum, o Sport ficou 5 segundos mais rápido no circuito de Nardo. O motor de 16 cilindros em “W”, 8,0 litros e quatro turbos produz torque de 163,3 m.kgf e o leva à velocidade máxima limitada de 420 km/h. A versão exposta no salão, com todos os opcionais, tem preço de 2,98 milhões de Euros mais impostos.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação