Bugatti Centodieci, de 1.600 cv, homenageia EB 110

 

A Bugatti apresenta o Centodieci (110 em italiano), um supercarro derivado do Chiron que homenageia o EB 110, modelo que trouxe a marca de volta ao mercado em 1991. O desenho da carroceria foi todo refeito para estabelecer ligação visual com o EB, como na pequena grade-ferradura ladeada por quatro tomadas de ar, a cabine de formas retilíneas, os cinco furos de entrada de ar atrás das janelas laterais (usados no EB 110 SS da foto abaixo) e a ausência do contorno em “C” nessa região que caracteriza o Chiron. O interior não foi mostrado.

 

 

 

O Centodieci, que foi revelado no encontro de carros clássicos de Pebble Beach (EUA), usa o motor W16 de 8,0 litros com quatro turbos do Chiron, mas revisto para produzir 1.600 cv (100 a mais). Assim, o mais novo Bugatti acelera de 0 a 100 km/h em 2,4 segundos, passa pelos 200 em 6,1 s e pelos 300 em 13,1 s, terminando a carreira a 380 km/h (curiosamente, a máxima é 40 km/h mais baixa que a do Chiron). O carro é também 20 kg mais leve. Serão feitas apenas 10 unidades, com preço unitário de 8 milhões de Euros, e todas já têm comprador.

Texto da equipe – Fotos: divulgação