BMW M8 chega em cupê e conversível com até 625 cv

 

O BMW Série 8 ganha uma versão ainda mais “brava”: o M8, que aparece já com escolha entre cupê e conversível e pode receber o pacote Competition. O motor continua V8 de 4,4 litros com dois turbos, como no M850i, mas a potência sobe de 530 cv para 600 cv (ou 625 cv no Competition), mantendo o torque de 76,5 m.kgf. Assim o M8 acelera de 0 a 100 km/h em 3,3 segundos no cupê e 3,4 s no conversível, tempos que baixam em 0,1 s nas versões Competition.

 

 

A caixa automática de oito marchas permanece, assim como a tração integral, mas esta recebe o diferencial ativo M e dá opção entre os modos 4WD e 4WD Sport. Com controle de estabilidade desativado, o motorista pode obter tração só traseira. Outras alterações foram feitas à suspensão com controle eletrônico, ao controle de estabilidade (em que o modo M Dynamic permite mais patinação de pneus) e aos freios, que podem ter discos de carbono-cerâmica. Até a sensibilidade do pedal de freio admite regulagem.

A sigla M8 é inédita em um BMW de produção, embora tenha aparecido nos carros-conceito M8 GTE e M8 Gran Coupe. Houve estudos de oferecer um M8 na primeira geração do Série 8, mas ele não chegou a ser fabricado.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação