BMW M5: séries de despedida Competition e Pure Metal

 

A BMW prepara a despedida da atual geração do M5 com duas edições limitadas. Vários mercados mundiais receberão o sedã esportivo na série Competition Edition, restrita a 200 unidades, que vem com o motor V8 biturbo de 4,4 litros recalibrado para potência de 600 cv e torque de 71,4 m.kgf, aumentos de 40 cv e 2 m.kgf sobre os índices do M5 normal. Outras séries limitadas, tanto do M5 quanto do cupê M6, já haviam oferecido essa versão do V8, que o leva de 0 a 100 km/h em 3,9 segundos.

 

 

A edição vem também com pacote M Competition, que inclui diversas peças de fibra de carbono, rodas pretas de 20 polegadas, molas e amortecedores mais firmes e diferencial com controle eletrônico. Freios a disco de carbono-cerâmica são opcionais para a série, que está disponível nas cores branca e preta. O interior traz revestimento em couro preto e uma plaqueta numerada.

Os Estados Unidos, porém, recebem outra edição: o M5 Pure Metal Silver Limited Edition, com 50 exemplares na cor prata especial, pintura que custa US$ 10 mil como opcional em um M5 comum. Compõem a série o pacote M Performance com rodas de 20 pol, escapamento esportivo e peças de fibra de carbono, além de bancos de couro cinza e plaqueta numerada. O motor de 600 cv também foi aplicado ao Pure Metal Silver, que alcança 305 km/h por vir com o pacote M Driver’s de velocidade máxima mais alta.

 

M5 Competition

 

M5 Pure Metal Silver

Texto da equipe – Fotos: divulgação