BMW lança M140i, M240i e Série 7 quadriturbo a diesel

 

A BMW apresenta duas novidades em motores, uma para as linhas Série 1 e Série 2, outra para o Série 7. O hatch M140i, o cupê e o conversível M240i trazem o seis-cilindros em linha de 3,0 litros com turbo já usado pelo 340i, com potência de 340 cv (aumento de 14 cv sobre o anterior do M135i/M235i) e torque de 51 m.kgf (mais 5 m.kgf) desde 1.500 rpm. O desempenho melhorou, com 0-100 km/h em 0,3 segundo a menos que antes, e o consumo e as emissões de CO2 caíram 7% no padrão europeu de medição.

 

 

Tanto o M140i quanto o M240i cupê fazem o 0-100 em 4,8 segundos com caixa manual de seis marchas ou 4,6 s com a automática de oito, sempre com tração traseira, mas chegam a 4,4 s com a tração integral da versão XDrive. No caso do M240i conversível os tempos são de 4,9, 4,7 e 4,6 s, na ordem.

No caso do Série 7, a novidade é o turbodiesel de seis cilindros mais potente do mundo, oferecido no 750d e no 750Ld (de entre-eixos mais longo), sempre com tração integral. A unidade de 3,0 litros com quatro turbos fornece 400 cv e imponentes 77,5 m.kgf para cumprir o 0-100 em 4,6 segundos (4,7 na versão longa) e ainda consumir 11% a menos que o antigo motor de três turbos. A 1.000 rpm já oferece 45,9 m.kgf.

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação