BMW comemora 15 anos dos utilitários X; veja álbum

BMW X - 15 anos 02

 

Há 15 anos a BMW apresentava seu primeiro utilitário esporte ou, na definição dos bávaros, um Sports Activity Vehicle (veículo para atividade esportiva): o X5. Seguido pelos modelos menores X3, X1 e X4 (em ordem de lançamento) e pelo mais esportivo X6, o utilitário introduzido em 1999 hoje compõe uma linha responsável por um terço dos carros vendidos pela BMW.

O X5 de primeira geração (código E53) foi produzido de 1999 a 2006. Um dos lançamentos mais aguardados da época, ele adotava estrutura monobloco (o concorrente Mercedes-Benz ML usava carroceria montada em chassi de longarinas) e seu visual em muito lembrava um Série 5 “anabolizado”, com traseira similar à da perua Série 5 Touring. Media 4,66 m de comprimento. O interior em nada devia aos carros da marca bávara e, entre as novidades, oferecia como opcional um sistema de navegação.

 

 

O E53 foi desenvolvido no momento em que a BMW era proprietária da Land Rover, com a qual compartilhou tecnologias e componentes do Range Rover, como o assistente para descidas e o gerenciamento eletrônico do modo fora de estrada. O X5 recebia motores e eletrônica do Série 5 da época (E39). Uma versão esportiva vinha em 2002, o X5 4.6iS, com motor V8 de 4,6 litros, 340 cv e torque de 48,3 m.kgf, que atingia velocidade máxima de 240 km/h e acelerava de 0 a 100 km/h em 6,5 segundos. Em 2004 recebia ligeiras mudanças visuais, que o mantiveram até a chegada da segunda geração.

 

 

O E70, o segundo X5, surgia em novembro de 2006 com avanços tecnológicos como o sistema I-Drive de comandos de série e, pela primeira vez em um BMW, terceira fila de assentos (opcional) para capacidade de sete pessoas. No fim de 2008 mudavam as nomenclaturas das versões: o X5 3.0 Si, por exemplo, passou a ser X5 X-Drive 30i. O X5 de alto desempenho, batizado de X5 M, aparecia em 2009 com um V8 biturbo com 555 cv e 69,3 m.kgf. Mesmo pesando cerca de 2,5 toneladas, acelerava de 0 a 100 km/h em pouco mais de 4 s. Em 2011 o modelo recebia discreta reestilização e os motoresa gasolina aspirados eram substituídos por outros com turbo; também passava a oferecer caixa automática de oito marchas.

A geração F15, a terceira, era lançada em maio de 2013 com uma versão esportiva a diesel, a M50d, com três turbos, 381 cv e 75,5 m.kgf, capaz de 0-100 km/h em 5,4 s. O F15 é produzido na fábrica da BMW de Spartanburg, na Carolina do Sul, Estados Unidos, tal como as gerações anteriores.

A marca comemora a data também com os demais modelos da série X, que aparecem nesta galeria de fotos.

 

Primeiro X5 (E53)

 

Segundo X5 (E70)

 

Terceiro X5 (F15)

 

X1

Primeiro X3 (E83)

Segundo X3 (F25)

 

X4

 

Primeiro X6 (E71)

 

Segundo X6 (F16)

Texto: Jonathan Machado – Fotos: divulgação