Adeus, Meriva: Opel troca minivan pelo Crossland X

 

Depois de duas gerações, das quais apenas a primeira existiu no Brasil como Chevrolet, a Opel Meriva abre espaço para o Crossland X, modelo que fica no caminho entre uma minivan e um utilitário esporte compacto. Anunciado como concorrente de Renault Captur e Peugeot 2008, o novo modelo da marca alemã (e da inglesa Vauxhall) tem tração apenas dianteira e altura de rodagem menor que a do Mokka X, o equivalente europeu de nosso Tracker. Curiosamente, sua plataforma é um projeto conjunto com a PSA que servirá aos próximos 2008 e Citroën C3 Picasso. Solução da Meriva que pode deixar saudades são as portas traseiras com abertura inversa à usual.

 

 

 

Com estilo simples e agradável, que bem poderia abrir mão do estilo Chevrolet Agile nas colunas traseiras, o Crossland X oferece conveniências como sistema de áudio compatível com Car Play e Android Auto com tela de 8 pol, assistência On Star, carregador de celular sem fio, teto panorâmico, projeção de informações no para-brisa e banco traseiro com ajuste longitudinal. O porta-malas leva 410 litros. Auxílios ao motorista passam por alerta de risco de colisão ou atropelamento, assistente para estacionar e leitura de placas da via. Nada foi divulgado, porém, sobre as opções de motores.

Dentro do padrão de designação com “X” no fim, que identifica utilitários esporte, a Opel prepara para ainda este ano o Grandland X, modelo maior e sucessor do Antara (Captiva no Brasil).

 

Texto da equipe – Fotos: divulgação