Como se sai o novo Ecosport diante de Kicks e Captur

Ecosport-Kicks-Captur

Avanços internos e mecânicos deixaram o Ford mais competitivo? Confronto com Nissan e Renault traz a resposta

Texto e fotos: Fabrício Samahá

 

Cinco anos depois de passar à segunda geração, o Ford Ecosport renova-se para fazer frente a um grande leque de adversários que não estavam no mercado quando ele apareceu. Motor, transmissão, interior — há muitas novidades no “Eco”, mais do que pode parecer por seu desenho, modificado apenas na frente. E a forte relação entre conteúdo e preço deixa claro que a Ford quer de volta uma boa posição em vendas na categoria.

Conseguirá? Para conhecer suas chances, colocamos a versão Freestyle — por tradição a mais vendida — com o novo motor de 1,5 litro diante de dois novos rivais. O Nissan Kicks está nas ruas há um ano, mas há pouco passou a ser fabricado em Resende, RJ, em vez de trazido do México. O Renault Captur, lançado em fevereiro, ganhou apelo ao oferecer transmissão automática com motor de 1,6 litro, versão que deixou boas impressões na avaliação completa. O Hyundai Creta, também recente, ainda não estava disponível em versão 1,6 para nosso confronto.

 

Ecosport
Ecosport
Kicks
Kicks
Captur
Captur

 

Ford Ecosport Freestyle Nissan Kicks SV Renault Captur Intense
4,27 m 4,29 m 4,33 m
1,5 litro 1,6 litro 1,6 litro
130/137 cv 114 cv 118/120 cv
R$ 86.490 R$ 89.990 R$ 89.590
Preços públicos sugeridos, em reais, para os carros avaliados, com possíveis opcionais

 

Esses utilitários esporte fabricados em três regiões brasileiras (o Ford em Camaçari, BA; o Nissan em Resende, RJ; e o Renault em São José dos Pinhais, PR) são competidores diretos nos quatro “Ps” de nossos comparativos. Têm a mesma proposta de uso: utilitários esporte compactos que servem bem para o dia a dia urbano e viagens familiares sem tanta bagagem, além de incursões fora de estrada menos severas.

 

 

Não variam muito em porte: o Captur mede 6 centímetros a mais que o Ecosport em comprimento (incluído o estepe deste último) e 16 cm a mais em distância entre eixos, com o Kicks entre eles nas duas dimensões. Em potência o Ford é que está à frente, com 130 cv com gasolina e 137 com álcool no motor de 1,5 litro e três cilindros, ante 118/120 cv no Renault e 114 cv no Nissan, ambos de 1,6 litro e quatro cilindros.

Em preço, as versões avaliadas são as que mais se aproximam. Os valores começam em R$ 86.490 para o Ecosport Freestyle, R$ 86.990 para o Kicks SV e R$ 89.590 para o Captur Intense, todos com caixa automática. Apenas o Nissan oferece um pacote opcional de R$ 3 mil, e todos podem encarecer com pinturas especiais. Os três dispõem de versões mais simples e baratas (SE para o Ford, S para o Nissan e Zen para o Renault) com o mesmo conjunto mecânico.

Próxima parte