Sedãs: novo VW Jetta diante de Cruze, Civic e Corolla

Quatro médios com potência, segurança e conveniência em boas doses ao redor de R$ 120 mil: qual a melhor compra?

Texto e fotos: Fabrício Samahá

 

Em meio a todo o avanço dos utilitários esporte no mercado nacional, os sedãs médios mantêm um espaço relevante. No primeiro semestre ganharam as ruas 64 mil unidades desses modelos de quatro portas, de acordo com a Fenabrave, com nada menos que 40% deles nas mãos do líder Toyota Corolla — mas as outras marcas não estão paradas.

 

 

Com o lançamento do novo Volkswagen Jetta, selecionamos para mais um comparativo as versões de topo de cada um, à parte a esportiva GLI do próprio Jetta: a R-Line para o modelo em questão, importado do México; a LTZ para o Chevrolet Cruze, fabricado na Argentina; a Touring para o Honda Civic e a XRS para o Corolla (a Altis deixou de ser produzida), feitos no Brasil. Esses modelos, os quatro mais vendidos do segmento, cobriram juntos 85% das vendas da categoria nos seis primeiros meses do ano.

 

Chevrolet Cruze LTZ 4,66 m 1,4 litro, turbo 150/153 cv R$ 120.490
Honda Civic Touring 4,64 m 1,5 litro, turbo 173 cv R$ 128.900
Toyota Corolla XRS 4,62 m 2,0 litros 143/154 cv R$ 111.990
Volkswagen Jetta R-Line 4,70 m 1,4 litro, turbo 150 cv R$ 124.980
Potência com gasolina/álcool (apenas gasolina no Civic); preços sugeridos para os carros avaliados, com possíveis opcionais

 

São competidores diretos nos quatro “Ps” de nossos confrontos. Têm a mesma proposta de uso, sendo aptos tanto ao transporte familiar quanto ao pessoal e corporativo. O porte é semelhante, com variação de até 8 centímetros em comprimento e apenas 1 cm em distância entre eixos, sendo o Jetta o maior deles. A potência com gasolina varia em até 23 cv, com o Civic acima do restante do grupo — é o único deles não flexível em combustível. O motor do Honda é turboalimentado de 1,5 litro, ante 1,4 turbo do Chevrolet e do Volkswagen e aspirado de 2,0 litros do Toyota.

 

 

Também em preço temos certa proximidade. Pouco mais de R$ 8 mil separam o Cruze avaliado (R$ 120.490 com pacote opcional), o Jetta (R$ 125 mil, também com pacote) e o Civic (R$ 128.900). O Corolla (R$ 112 mil) é que fica mais distante, pois o modelo em fim de produção não mais oferece a versão de topo Altis, que seria ideal para o comparativo.

Próxima parte