Honda WR-V e Hyundai HB20X: compensa pagar mais?

WR-V
WR-V
HB20X
HB20X

O HB20X obteve aceleração superior, mas há equilíbrio nas retomadas; em consumo urbano, vantagem expressiva para o WR-V, até 25% mais econômico

 

 

Desempenho e consumo

A melhor relação peso-potência garante ao HB20X acelerações pouco mais rápidas, caso do 0-100 km/h em 10,3 segundos, menos 0,5 s que no rival. Curiosamente, no 0-120 sua vantagem diminui para 0,2 s, sinal de que a transmissão CVT do WR-V é mais eficiente no ganho de velocidade nessa faixa.

Acelerado a fundo, o Hyundai gira até 2.400 rpm com freio acionado (estol da transmissão) e faz mudanças automáticas a 6.200 rpm (200 acima do pico de potência). O Honda aceita até 2.000 rpm; ao partir, demora a alcançar 6.000 rpm (por volta de 90 km/h), ponto de maior potência, e ali fica enquanto sobe a velocidade.

Caixas CVT são mais eficientes em retomadas, tanto pela agilidade em reduzir a relação quanto por não depender de marchas definidas: uma vez atingida a rotação ideal, podem mantê-la constante. Isso explica o empate técnico entre os dois carros, com diferenças de até 0,3 s ora a favor de um, ora de outro. Vale notar que foram medidos com álcool, com o qual os recebemos das fábricas; se usassem gasolina, a expectativa é de maior perda no Hyundai (que abre mão de 6 cv) que no Honda (1 cv).

Os testes de consumo, por outro lado, foram feitos com gasolina e mostraram clara vantagem do WR-V nos trajetos urbanos (entre 19% e 25% a mais com um litro) e sutil no rodoviário (2% mais econômico). Ao analisar o comportamento dos carros nos percursos, nota-se que a CVT consegue manter o motor do Honda em baixos giros no uso urbano, mas recorre a rotações bem mais altas em rodovia: as 2.000 rpm a 120 km/h em piso plano sobem a até 3.500 rpm a cada subida, e nosso trajeto tem muitas delas.

Nas mesmas condições o HB20X manteve-se em sexta marcha (2.800 rpm) por quase todo o percurso, o que o aproximou do concorrente — presumimos também que tenha melhor aerodinâmica. Assim, a autonomia do Hyundai é maior em rodovia, mas menor em cidade.

 

WR-V HB20X
Aceleração
0 a 100 km/h 10,8 s 10,3 s
0 a 120 km/h 15,1 s 14,9 s
0 a 400 m 18,3 s 17,7 s
Retomada
60 a 100 km/h* 8,2 s 7,9 s
60 a 120 km/h* 12,6 s 12,6 s
80 a 120 km/h* 9,7 s 9,8 s
Consumo
Trajeto leve em cidade 13,9 km/l 11,7 km/l
Trajeto exigente em cidade 7,6 km/l 6,1 km/l
Trajeto em rodovia 12,3 km/l 12,1 km/l
Autonomia
Trajeto leve em cidade 563 km 527 km
Trajeto exigente em cidade 308 km 275 km
Trajeto em rodovia 498 km 545 km
Testes efetuados com álcool (desempenho) e gasolina (consumo); *com reduções automáticas; melhores resultados em negrito; conheça nossos métodos de medição

 

Dados dos fabricantes

WR-V HB20X
Velocidade máxima ND 180/185 km/h
Aceleração de 0 a 100 km/h ND 11,7/11,2 s
Consumo em cidade 11,7/8,1 km/l 10,1/7,1 km/l
Consumo em rodovia 12,4/8,8 km/l 11,4/8,7 km/l
Gasolina/álcool; consumo conforme padrões do Inmetro; ND = não disponível

 

WR-V
WR-V
HB20X
HB20X

Altura de rodagem e recalibração de suspensão diferenciam estas versões do Fit e do HB20 comum; apenas a Hyundai compensou os pneus pelo diferencial

 

Ficha técnica

WR-V HB20X
Motor
Posição transversal
Cilindros 4 em linha
Material do bloco/cabeçote alumínio
Comando de válvulas no cabeçote duplo no cabeçote
Válvulas por cilindro 4, variação de tempo (também levantamento no WR-V)
Diâmetro e curso 73 x 89,4 mm 77 x 85,4 mm
Cilindrada 1.497 cm³ 1.591 cm³
Taxa de compressão 11,4:1 12:1
Alimentação injeção multiponto sequencial
Potência máxima (gas./álc.) 115/116 cv a 6.000 rpm 122/128 cv a 6.000 rpm
Torque máximo (gas./álc.) 15,2/15,3 m.kgf a 4.800 rpm 16,0 m.kgf a 4.500 rpm/16,5 m.kgf a 5.000 rpm
Potência específica (gas./álc.) 76,8/77,5 cv/l 76,7/80,5 cv/l
Transmissão
Tipo de caixa e marchas automática de variação contínua automática, 6
Relação e velocidade por 1.000 rpm
1ª. variação de 2,53 a 0,41 / variação de 10 a 59 km/h 4,40 / 8 km/h
2ª. 2,73 / 12 km/h
3ª. 1,83 / 18 km/h
4ª. 1,39 / 24 km/h
5ª. 1,00 / 33 km/h
6ª. 0,77 / 43 km/h
Relação de diferencial 4,99 3,61
Regime a 120 km/h 2.000 rpm* 2.750 rpm (6ª.)
Regime à vel. máx. informada ND 5.400/5.550 rpm (5ª.)
Tração dianteira
*Na relação mais longa possível
Freios
Dianteiros a disco ventilado (262 mm ø) a disco ventilado (ø ND)
Traseiros a tambor (200 mm ø) a tambor (ø ND)
Antitravamento (ABS) sim
Direção
Sistema pinhão e cremalheira
Assistência elétrica
Diâmetro de giro 10,6 m 10,2 m
Suspensão
Dianteira independente, McPherson, mola helicoidal
Traseira eixo de torção, mola helicoidal
Estabilizador(es) dianteiro dianteiro e traseiro
Rodas
Dimensões 6 x 16 pol 5,5 x 16 pol
Pneus 195/60 R 16 H
Dimensões
Comprimento 4,00 m 3,955 m
Largura 1,734 m 1,71 m
Altura 1,599 m 1,55 m
Entre-eixos 2,555 m 2,50 m
Bitola dianteira 1,482 m ND
Bitola traseira 1,49 m ND
Coeficiente aerodinâmico (Cx) ND
Capacidades e peso
Tanque de combustível 45 l 50 l
Compartimento de bagagem 363 l 300 l
Peso em ordem de marcha 1.130 kg 1.113 kg
Relação peso-potência (gas./álc.) 9,8/9,7 kg/cv 9,1/8,7 kg/cv
Garantia
Prazo 3 anos sem limite de quilometragem 5 anos sem limite de quilometragem
Carros avaliados
Ano-modelo 2018 2017
Pneus Pirelli Cinturato P1 Continental Conti Cross Contact LX
Quilometragem inicial 5.000 km 2.000 km
Dados dos fabricantes; ND = não disponível
Próxima parte