DS3, Abarth e 208 GT: pimenta em pequena embalagem

DS3
DS3
500
500
208
208

 

DS3 e 208 têm preços próximos, mas o primeiro fica um tanto caro com opcionais; o 500 começa bem acima e ultrapassa R$ 100 mil completo

 

Preços

DS3 500 208
Sem opcionais 82.490 94.000 79.790
Como avaliado 95.770 100.943 79.790
Completo 97.760 102.566 81.380
Preços públicos sugeridos, em reais, vigentes em 23/6/16; menores preços em destaque; consulte os sites: DS3, 500 e 208

 

Custo-benefício

A vantagem do 208 em termos de preço é indiscutível. Por R$ 79.790 ele vem completo, sem oferecer opcionais (salvo pinturas especiais, também disponíveis nos outros). Para colocar as mãos no DS3 pagam-se mais R$ 2.700, desde que se abra mão de diversos equipamentos do carro avaliado: pacote Conforto (faróis e limpador de para-brisa automáticos, retrovisores cromados, retrovisor interno fotocrômico, sensores de estacionamento traseiros, sistema de áudio com navegador e tela de 7 pol), pacote Tecnologia (câmera traseira, faróis de xenônio, sistema de áudio superior) e bancos de couro com aquecimento. Como o analisamos, custa salgados R$ 95.770.

 

Quem deixar o 208 GT pelo DS3 terá um carro mais refinado e com suspensão esportiva, além de se diferenciar melhor do rebanho

 

Salgado que parece doce diante dos valores do 500 Abarth: R$ 94 mil em configuração básica e quase R$ 101 mil como avaliado, com teto solar e sistema de áudio superior. É muito para o que o carro oferece diante dos concorrentes, mesmo que não se use tamanho como critério. Como agravante, a Fiat ainda vende o modelo 2015, ante 2016 do DS3 e 2017 do Peugeot, o que certamente terá seu impacto na futura revenda. Com esses preços, não causa estranheza que permaneça no mercado um lote tão antigo.

O pior é que, conforme avaliados, o caro 500 não é o mais bem equipado: embora seja o único no trio com teto solar que se abre, não tem navegador, câmera traseira ou integração do áudio ao telefone, entre outras conveniências. O DS3 é exclusivo nos faróis de xenônio, e o 208, no ar-condicionado de duas zonas. Pelo conteúdo em análise, seria coerente o Abarth custar menos que os outros e algum valor adicional ao DS3 em relação ao GT.

 

DS3
DS3
500
500
208
208

 

É ótimo termos alternativas como o Abarth no mercado, mas por seu preço recomendamos a decisão apenas entre os modelos da PSA

 

Quando se comparam as notas (veja quadro abaixo), porém, entram outras considerações. O DS3 foi o melhor em motor, câmbio, direção e visibilidade e o 208 em espaço interno, suspensão e custo-benefício, sem que o 500 sobressaísse em qualquer quesito. Vale observar também que coube o último lugar ao Fiat em estilo, acabamento, posição de dirigir, itens de conveniência, espaço interno, porta-malas, consumo, suspensão e, como esperado, custo-benefício; o Peugeot levou a pior nota em estabilidade e segurança passiva e o DS3 nunca ficou em último.

 

 

Voltamos à pergunta inicial: vale pagar mais por um dos importados ou o novo esportivo nacional é melhor escolha? Quem deixar o 208 GT pelo DS3 terá um carro mais refinado em aspectos técnicos (caso da transmissão e da suavidade do motor), com suspensão mais esportiva e que se diferencia melhor do rebanho — seria difícil confundi-lo no Brasil com uma versão de metade do preço. No entanto, perderá em espaço interno e conforto de rodagem, o que pode ser ou não importante para o comprador de um esportivo.

E o Abarth? Fica difícil justificar sua escolha. Embora seja ótimo dispormos de uma opção focada na esportividade em cada porca ou parafuso, levá-lo para casa significa abrir mão de conforto e conveniência sob qualquer aspecto, do banco traseiro à suspensão dura demais. Não é para qualquer um… e pode ser tudo o que alguns desejam. Mesmo que seu caso seja o segundo, é preciso gostar muito de Fiat (ou ter ascendente em escorpião, nunca se sabe) para pagar mais de R$ 100 mil em um 500. Se fosse nosso dinheiro, a decisão ficaria entre a dupla do grupo PSA: o melhor dos três e aquele que oferece a relação custo-benefício mais atraente.

 

Nossas notas

DS3 500 208
Estilo 5 4 5
Acabamento 4 3 4
Posição de dirigir 4 3 4
Instrumentos 4 4 4
Itens de conveniência 4 3 4
Espaço interno 3 2 4
Porta-malas 4 2 4
Motor 5 4 4
Desempenho 5 5 5
Consumo 4 3 4
Câmbio 5 4 4
Freios 4 4 4
Direção 5 4 4
Suspensão 3 2 4
Estabilidade 5 5 4
Visibilidade 5 4 4
Segurança passiva 5 5 4
Custo-benefício 3 2 4
Média 4,28 3,50 4,11 
Posição 1º. 3º. 2º. 
As notas vão de 1 a 5, sendo 5 a melhor; conheça nossa metodologia

 

Teste do Leitor: opinião dos proprietários

DS3 500 208
Envie sua opinião sobre o carro que possui

 

Ficha técnica

  DS3 500 208
Motor
Posição transversal
Cilindros 4 em linha
Material do bloco/cabeçote alumínio ferro fundido/ alumínio alumínio
Comando de válvulas duplo no cabeçote
Válvulas por cilindro 4, variação de tempo 4 4, variação de tempo
Diâmetro e curso 77 x 85,8 mm 72 x 84 mm 77 x 85,8 mm
Cilindrada 1.598 cm³ 1.368 cm³ 1.598 cm³
Taxa de compressão 10,5:1 9,8:1 10,2:1
Alimentação injeção direta, turbo, resfriador de ar injeção multiponto sequencial, turbo, resfriador de ar injeção direta, turbo, resfriador de ar
Potência máxima 165 cv a 6.000 rpm 167 cv a 5.500 rpm 166/173 cv a 6.000 rpm
Torque máximo 24,5 m.kgf a 1.400 rpm** 23,0 m.kgf de 2.500 a 4.000 rpm 24,5 m.kgf a 1.400 rpm
Potência específica 103,2 cv/l 122,0 cv/l 103,9/108,2 cv/l*
* gasolina/álcool; **26,5 m.kgf durante a sobrepressão temporária
Transmissão
Tipo de caixa e marchas manual /  6 manual / 5 manual / 6
Relação e velocidade por 1.000 rpm
1ª. 3,53 / 9 km/h 3,91 / 8 km/h 3,53 / 9 km/h
2ª. 1,92 / 17 km/h 2,24 / 15 km/h 1,92 / 16 km/h
3ª. 1,32 / 25 km/h 1,52 / 22 km/h 1,32 / 23 km/h
4ª. 1,03 / 32 km/h 1,16 / 28 km/h 1,02 / 29 km/h
5ª. 0,82 / 40 km/h 0,87 / 38 km/h 0,82 / 36 km/h
6ª. 0,68 / 48 km/h NA 0,68 / 44 km/h
Relação de diferencial 3,56 3,35 3,89
Regime a 120 km/h 2.500 rpm (6ª.) 3.200 rpm 2.750 rpm
Regime à vel. máx. informada 5.500 rpm (5ª.) 5.600 rpm (5ª.) 6.000/6.100 rpm (5ª.)*
Tração dianteira
* gasolina/álcool
Freios
Dianteiros a disco ventilado (ø ND) a disco ventilado (284 mm ø) a disco ventilado (ø ND)
Traseiros a disco (ø ND) a disco (240 mm ø) a disco (ø ND)
Antitravamento (ABS) sim
Direção
Sistema pinhão e cremalheira
Assistência elétrica
Diâmetro de giro 11,3 m 11,4 m 10,9 m
Suspensão
Dianteira independente, McPherson, mola helicoidal
Traseira eixo de torção, mola helicoidal
Estabilizador(es) dianteiro e traseiro
Rodas
Dimensões 7 x 17 pol 6,5 x 16 pol 17 pol
Pneus 205/45 R 17 195/45 R 16 205/45 R 17
Dimensões
Comprimento 3,948 m 3,667 m 3,975 m
Largura 1,715 m 1,627 m 1,702 m
Altura 1,483 m 1,49 m 1,472 m
Entre-eixos 2,464 m 2,30 m 2,541 m
Bitola dianteira 1,50 m 1,411 m 1,472 m
Bitola traseira 1,50 m 1,407 m 1,48 m
Coeficiente aerodinâmico (Cx) 0,31 0,352 0,33
Capacidades e peso
Tanque de combustível 50 l 40 l 55 l
Compartimento de bagagem (normal/banco rebatido) 280 l / 980 l 185 / 550 l 285 l / ND
Peso em ordem de marcha 1.165 kg 1.164 kg 1.196 kg
Relação peso-potência 7,7 kg/cv 7,0 kg/cv 7,2/6,9 kg/cv
Garantia
Prazo 3 anos sem limite de quilometragem 2 anos sem limite de quilometragem (3 anos para motor e transmissão) 3 anos sem limite de quilometragem
Carros avaliados
Ano-modelo 2016 2015 2017
Pneus Michelin Pilot Exalto Pirelli Cinturato P7 Michelin Pilot Sport 3
Quilometragem inicial 7.000 km 10.000 km 1.000 km
Dados dos fabricantes; ND = não disponível; NA = não aplicável