Argo, Fiesta, 208 e Polo: uma categoria se redefine

Lançamentos da Fiat e da Volkswagen trazem novos parâmetros ao segmento: qual o melhor entre quatro opções?

Texto e fotos: Fabrício Samahá

 

Pode ser coincidência, mas parece até combinado: depois de três anos sem o mercado receber um novo hatch compacto, Fiat e Volkswagen aparecem com dois deles no mesmo ano: o Argo e o novo Polo. A categoria de repente se redefine e justifica um comparativo entre os estreantes, ao qual somamos dois modelos com recentes atualizações: Ford Fiesta e Peugeot 208.

Escolhemos versões que se aproximam em preço: o mais acessível Argo Precision começa em R$ 67,8 mil, o Polo Highline em R$ 69,2 mil, o 208 Griffe em R$ 70,5 mil e o Fiesta Titanium Plus em R$ 75,2 mil, todos com transmissão automática — ou, no caso do Ford, automatizada de dupla embreagem. Só que nosso Fiat veio recheado de opcionais e chegava a R$ 77,4 mil, enquanto o VW trazia apenas um dos pacotes e ficava em R$ 72 mil. Os outros mantinham o preço citado, pois não oferecem opcionais.

 

 

Fiat Argo Precision Ford Fiesta Titanium Plus Peugeot 208 Griffe Volkswagen Polo Highline
4,00 m 3,97 m 3,97 m 4,06 m
1,75 litro 1,6 litro 1,6 litro 1,0 litro, turbo
135/139 cv 125/128 cv 115/118 cv 116/128 cv
R$ 77.400 R$ 75.190 R$ 70.490 R$ 71.990
Potência com gasolina/álcool; preços sugeridos para os carros avaliados, com possíveis opcionais

 

 

São competidores diretos também nos outros três “Ps” que definem nossos comparativos. Têm a mesma proposta de uso: hatches compactos de cinco portas com farta conveniência e desempenho suficiente para qualquer condição de uso, embora modestos em espaço interno e para bagagem. Em porte o Polo é o maior em comprimento (9 cm acima do mais curto Fiesta) e em distância entre eixos (6 cm a mais que o mesmo oponente). Já em potência o Fiat sai à frente: 135 cv com gasolina e 139 com álcool no motor de 1,75 litro e aspiração natural, ante 125/128 cv no Ford (aspirado de 1,6 litro), 116/128 cv do VW (turboalimentado de 1,0 litro) e 115/118 cv do Peugeot (1,6 aspirado).

 

 

Vale observar que existem versões mais simples e acessíveis com motor e transmissão iguais para Fiesta (SE Plus por R$ 62,4 mil, SEL por R$ 65,4 mil e Titanium por R$ 71,2 mil) e Polo (Comfortline por R$ 65,2 mil). No caso do Argo, a versão Drive vem apenas com motor de 1,0 ou 1,35 litro, este com opção de caixa automatizada, e no 208 as opções mais baratas usam motor de 1,2 litro e caixa manual (existe o Sport 1,6 por R$ 64,5 mil, também manual).

Temos aqui quatro opções atuais e dotadas de bom conteúdo técnico, de conveniência e de segurança. Qual o melhor pelo que custa? Veremos.

Próxima parte